Menu de Páginas
Rss

Boas Ideias e Sustentabilidade são o nosso negócio

Categorias de Menu

Novembro 2014: Conceitos interessantes

Para que se possa entender melhor o trabalho da empresa, apresentamos aqui alguns conceitos de interesse para as atividades da empresa.

  • RECURSOS NATURAIS: são elementos da natureza que são úteis ao ser humano no processo de desenvolvimento da civilização, sobrevivência e conforto da sociedade em geral. Podem ser renováveis, como a energia do sol e do vento. Já a água, o solo e as árvores que estão sendo considerados limitados, são chamados de potencialmente renováveis. E ainda não-renováveis, como o petróleo e minérios em geral.
  • SUSTENTABILIDADE: pode ser definida como a capacidade do ser humano interagir com o mundo, preservando o meio ambiente para não comprometer os recursos naturais das gerações futuras. O Conceito de Sustentabilidade é complexo, pois atende a um conjunto de variáveis interdependentes, mas podemos dizer que deve ter a capacidade de integrar as Questões Sociais, Energéticas, Econômicas e Ambientais.
    • Questão Social: É preciso respeitar o ser humano, para que este possa respeitar a natureza. E do ponto de vista humano, ele próprio é a parte mais importante do meio ambiente.
    • Questão Energética: Sem energia a economia não se desenvolve. E se a economia não se desenvolve, as condições de vida das populações se deterioram.
    • Questão Ambiental: Com o meio ambiente degradado, o ser humano abrevia o seu tempo de vida; a economia não se desenvolve; o futuro fica insustentável.
  • DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL:  procura satisfazer as necessidades da geração atual, sem comprometer a capacidade das gerações futuras de satisfazerem as suas próprias necessidades, significa possibilitar que as pessoas, agora e no futuro, atinjam um nível satisfatório de desenvolvimento social e econômico e de realização humana e cultural, fazendo, ao mesmo tempo, um uso razoável dos recursos da terra e preservando as espécies e os habitats naturais.
  • AUTOSSUSTENTABILIDADE: é um conceito em ecologia que define a exploração de recursos naturais em base não-predatória. Isto significa a implementação ou a racionalização de projetos de exploração de modo que:
    • Causem mínimo impacto sobre o meio ambiente circundante, e sobre os recursos que não são diretamente utilizados pelo projeto.
    • Deem tempo à natureza de recompor os recursos renováveis de interesse do projeto.
    • Tenham retorno monetário suficiente para o sustento das pessoas envolvidas e suas famílias com dignidade.
  • EFICIÊNCIA ENERGÉTICA: consiste da relação entre a quantidade de energia empregada em uma atividade e aquela disponibilizada para sua realização. A promoção da eficiência energética abrange a otimização das transformações, do transporte e do uso dos recursos energéticos, desde suas fontes primárias até seu aproveitamento. Adotam-se, como pressupostos básicos, a manutenção das condições de conforto, de segurança e de produtividade dos usuários, contribuindo, adicionalmente, para a melhoria da qualidade dos serviços de energia e para a mitigação dos impactos ambientais.
  • FONTE DE ENERGIA: é a origem da energia, a qual é um recurso natural que pode fornecer ao homem determinado tipo de energia e sua substância transformadora. A natureza, em certas circunstâncias, pode fornecer recursos naturais que dão origem a um determinado tipo de energia, nomeadamente energia mecânica, eléctrica, térmica ou química.
  • ENERGIA PRIMÁRIA: também conhecida por fonte de energia natural, é uma fonte de energia que existe em forma natural na natureza e pode gerar energia de forma direta, destas destacam-se o carvão mineral, o petróleo e o gás natural, a energia hídrica, solar e eólica, de biomassa, oceânica e geotérmica.
    • As fontes de energia podem classificar-se em renováveis e não renováveis. As fontes de energia renováveis são uma infinita fonte geradora mesmo que sejam utilizadas pelo homem, possuindo a capacidade de se regenerar naturalmente. Por exemplo a energia solar, hídrica e eólica, de biomassa, oceânica e geotérmica. Quanto às fontes de energia não renováveis, como o combustível petroquímico e nuclear, são formadas no subsolo a partir de restos de animais e plantas que demoraram milhões de anos até se transformarem em combustível. Estes não podem ser recuperados rapidamente e as suas quantidades tornam-se cada vez mais reduzidas com o consumo por parte do homem.
  • ENERGIA SECUNDÁRIA: são transformadas a partir das fontes de energia primárias, como por exemplo a energia eléctrica, gasolina, gasóleo, alcatrão, carvão mineral, vapor entre outros que pode ser reutilizada para alguma atividade ou processo produtivo.
  • COGERAÇÃO: é um processo onde são geradas duas formas de energia ao mesmo tempo. O tipo mais comum é a cogeração de energia elétrica e energia térmica (tanto para calor quanto para frio), principalmente a partir do uso de biomassa ou gás natural;a cogeração passa a ser um atrativo principalmente para as indústrias por aliar economia e benefícios ambientais.
  • SISTEMAS DE REFRIGERAÇÃO POR ABSORÇÃO: são ciclos de refrigeração operados a calor, onde um fluido secundário ou absorvente na fase líquida é responsável por absorver o fluido primário ou refrigerante, na forma de vapor. Ciclos de refrigeração operados a calor são assim definidos, porque a energia responsável por operar o ciclo é majoritariamente térmica. Descoberta pelo escocês Nairn em 1777, a refrigeração por absorção tem por “pai” o francês Ferdinand Carré (1824-1900), que em 1859 patenteou a primeira máquina de absorção de funcionamento contínuo, usando o par amônia-água.Água quente, vapor (baixa pressão e alta pressão) e gases de combustão, são algumas das fontes de calor utilizadas para operar equipamentos de absorção, cuja energia térmica pode ser obtida a partir dos seguintes meios:
    • Aproveitamento de rejeitos de calor de processos industriais e comerciais;
    • Cogeração;
    • Energia solar; e
    • Queima direta (biomassa, biodiesel, gás natural, biogás).

Todas estas idéias são levadas em consideração nos projetos desenvolvidos pela Jacques Tombesi engenharia, gerando boas ideias e sustentabilidade.